cirurgias

TRANSPLANTE DE CÓRNEA

O QUE É?

O transplante de córnea é indicado quando a transparência ou a curvatura da córnea estejam alteradas, não permitindo uma boa visão. Ele consiste na substituição da córnea alterada por uma córnea doadora que mantenha boas condições. Atualmente existem diversas técnicas de transplante de córnea que, a depender da indicação de cada caso, são mais seletivas, alterando apenas a parte alterada pela doença de cada paciente. Isto se traduz em menores taxas de complicação em relação ao transplante de córnea tradicional (penetrante). Alguns exemplos destas técnicas são o lamelar anterior (DALK, FALK), os lamelares posteriores (DSEK e DMEK) e o mais recente, chamado transplante da camada de Bowman.

COMO É FEITO?

O transplante de córnea é realizado com anestesia local, sob sedação, num procedimento indolor e sem necessidade de internação hospitalar. Examinando através de um microscópio cirúrgico, o Oftalmologista faz a medida do olho para definir a área exata para o transplante de córnea.